sexta-feira, 29 de junho de 2012

A raiz de todos os males

......

Fui levar meu carro na oficina, uma pessoa amiga avariou um pouquinho meu popular 2007. Ao chegar lá e entregar as chaves ao dono da conceituada oficina do "Seco", em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, o mesmo falou que estava orando para ganhar um popular como o meu! Disse-lhe, brincando, que é carro de pobre e ele me perguntou com a peculiar sabedoria dos desbravadores sulistas o seguinte:
— Você se acha pobre? O que é riqueza para você?

Eu, meio sem jeito, lhe respondi que riqueza é felicidade, paz, alegria, amizade, etc...
Então, de bate-pronto ele vociferou:

— O dinheiro estraga o homem.

Pronto! a sabedoria popular foi encontrada ensinando o que alguns cristãos precisam saber!

"O dinheiro estraga o homem"... Bem que eu poderia ter passado a manhã sem essa lição! Mas saí de lá feliz, por saber que há muitas pedras clamando, nesse período de superficialidade teológica no seio da igreja cristã brasileira.

"A raiz de todos os males é o amor ao dinheiro", diz o apóstolo Paulo em I Tm 6.6-10. Até parece um exagero do apóstolo, mas tanto Paulo quanto o Seco, estão certos! O dinheiro, no texto, não é apenas moeda, mas representa o seu poder de barganha: satisfação de caprichos e vaidades, prazeres carnais, domínio, posse de bens sem limites, etc. Na busca dessas coisas, o dinheiro é imprescindível; então, amar essas coisas é amar ao dinheiro que possibilita adquiri-las.

O salmista diz: “Se as vossas riquezas aumentam, não ponhais nelas o vosso coração” (1); Jesus diz: “Não ajunteis tesouros na terra... porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”(2). O que se observa no mundo confirma tais afirmações. Pessoas inteligentes, possuidoras de algumas boas qualidades morais também acabam se corrompendo totalmente por causa do amor ao dinheiro e a tudo que o dinheiro pode proporcionar. Então cuidado! pois “tendo sustento e com que nos cobrir, estejamos com isso contentes”.

Caso alguns de nós enriqueça, não coloquemos na riqueza o nosso coração. Sejamos bons administradores e mordomos para a glória de Deus. Assim, estaremos juntando tesouros muito mais preciosos no Céu! (3).

Marco Aurélio Araújo Dias

(2) (3) Mt 6.19-21


Nenhum comentário :

Postar um comentário