quinta-feira, 21 de junho de 2012

Para onde iremos nós?

......
Pão sem fermento
"Para onde iremos nós?"

Esta foi uma pergunta com resposta ao mesmo tempo formulada por Pedro: “...Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna...” João 6:68

Todo o contexto de João 6 é bem interessante e sobretudo desafiador. Jesus tinha multiplicado os pães; o relato diz que Jesus se afastou da multidão porque sabia que ela, ao presenciar e participar do milagre, tinha o intento de arrebatá-lo e proclamá-lo rei. Jesus sabia qual era seu propósito. Mais adiante Jesus diz: “...Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes…” João 6:26

O que acho muito interessante são as respostas de Jesus. Em muitas ocasiões perguntavam-lhe uma coisa e Jesus respondia outra. Na verdade, era o que realmente necessitava ser respondido:
“...Disseram-lhe, pois: Que faremos para executarmos as obras de Deus? Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou..." João 6:28-29
Perguntaram “o que fazer” e Jesus responde “o que é”. A obra de Deus NÃO é multiplicar o pão, NÃO é ser o realizador de desejos e demandas.

Em outra narrativa, Jesus “aperta o torniquete” em sua prosa, a ponto de até MUITOS DE SEUS DISCÍPULOS pararem de andar com Ele: “...Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele...” João 6:66
O evangelho água com açúcar, que prega que a intimidade com Deus nos torna herdeiros de toda sorte de benesses, é um evangelho falso e egocêntrico, quando leva o entendimento a sair do campo relacional e a se centrar no ‘ter' e não no ‘ser’. O discurso para os que realmente se comprometem a seguir com Jesus é duro: “...Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir?...” João 6:60

Cabe a cada um a escolha, correr atrás do que satisfaz ou COMUNGAR de fato com a Palavra da reconciliação que nos foi confiada. O que é o Reino de Deus senão “Paz, Justiça e alegria no Espírito Santo”? Rom. 14:17

É priorizando viver servindo ao Rei do Reino que certamente teremos as demais coisas que necessitamos acrescentadas, compreendendo o que é realmente importante e quem é o Senhor. Ele é o Pai nós os filhos. Ele é Senhor nós os servos. Ele é DEUS, nós criados por amor.

Seguimos, servimos, amamos a Deus pelo pão, pelo milagre ou por ELE ter as PALAVRAS DA VIDA ETERNA?

Tony Sathler

Nenhum comentário :

Postar um comentário